"Crença é uma verdade aceita por sua mente. Fé é o fogo mantido em seu coração." Joseph Newton

quarta-feira, 29 de abril de 2009

IMPORTANCIA DA FAMILIA NA RECUPERAÇÃO

A família é fundamental para o sucesso do tratamento da dependência química. Pensar que tudo se resolverá a partir de uma internação ou após algumas consultas médicas é uma armadilha. A dependência é um problema que se estruturou aos poucos na vida da pessoa, levou anos para aparecer. Muitas áreas foram afetadas: o desempenho escolar, a eficiência no trabalho, a qualidade dos relacionamentos, o apoio da família, a confiança do patrão, o respeito dos colegas. Como esperar, então, que algo presente na vida de alguém há tempo e que lhe trouxe tantos comprometimentos desapareça de repente? Quem decide começar um tratamento se depara com os sintomas de desconforto da falta da droga e, além disso, com um futuro prejudicado pela falta de suporte, que o indivíduo perdeu ou deixou de adquirir ao longo da sua história de dependência.
Todos podem ajudar: o patrão, os amigos, os vizinhos, mas o suporte maior deve vir da “família”. As chances de sucesso do tratamento pioram muito quando a família não está por perto.
Veja porque a família é tão importante:
1. Ele muitas vezes não tem a noção completa da gravidade do seu estado. Por mais que deseje o tratamento, acha que será mais fácil do que imagina. Por isso, se expõe a situações de risco que podem leva-lo de volta ao consumo.
2. Ele sente necessidade de 'se testar', expondo-se a riscos para ver se seu esforço está valendo a pena. A família deve ajuda-lo estabelecendo com o ele regras que ajudem a afasta-lo da recaída. Todo o tratamento começa com um mapeamento dos fatores e locais de risco de recaída. A família deve ajuda-lo a evitar esses locais. Isso não deve ser feito de modo policial. Não se trata de fiscalizar. Trata-se de chamá-lo à reflexão e a responsabilidade sempre que esse, sem perceber ou se testar se expuser ao risco da recaída.
Venha ao Grupo de Apoio “AMAR A VIDA”. Reuniões todas as quintas-feiras às 20h, rua Rui Barbosa, Nº 1035E, (Casa de Oração) próximo à rua 7 de Setembro. Esperamos por você!

Fábio Marzarotto
amaravida@ymail.com